quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Taxa de Inflação

A taxa de variação média dos últimos doze meses, terminados em outubro, do Índice de Preços no Consumidor subiu para 0,26%.
Contribuíram para essa subida as classes Bebidas alcoólicas, restaurantes e transportes.

As variações médias negativas registaram-se no vestuário e calçado e comunicações.

Agora regista-se um crescimento do índice de preços no consumidor nos Açores, enquanto no conjunto do país está a descer.

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

População empregada




Atividade económica



Analisando os dados, distribuídos pelo SREA, relativos à população empregada, verifica-se que, no 3º trimestre, os dados estimados indicam um valor de 116.373 trabalhadores, sendo o maior número, desde o 1º trimestre de 1985,  apresentando aumentos de 3,1% relativamente ao trimestre homólogo e de 1,2% em relação ao trimestre anterior. 


Por setores, verifica-se que no sector primário -- Agricultura e Pescas -- o emprego apresenta acréscimos nas duas comparações (2,5% homóloga e 3,1% trimestral). 

No sector secundário (que inclui a indústria e a construção) o emprego cresce, igualmente, quer em termos homólogos (14,2%) quer em termos trimestrais (10,3%).


De referir, neste sector, o subsector da construção com aumentos de 7,8% homólogo e 10,9% trimestral, sinal que que se regista uma aceleração. 


No sector dos serviços, o emprego aumenta relativamente ao trimestre homólogo (0,7%) e diminui na comparação com o trimestre anterior (1,1%). 


De registar neste sector a diminuição da administração publica designadamente na área da educação.

O turismo, neste trimestre registou um crescimento de 7,6%, mas tem tido uma evolução pouco regular, certamente em consequência da sazonalidade.








quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Taxa de desemprego


Taxa de desemprego diminui nos Açores mas é a mais elevado do país
A taxa de desemprego nos Açores, no 3º trimestre de 2019, foi de 7,3%, inferior em 1,4 pontos percentuais relativamente ao do trimestre homólogo e 0,9 p.p. em relação ao trimestre anterior segundo dados distribuídos pelos SREA. Esta taxa é a menor desde o 1º trimestre de 2011, mas é a mais elevada de todas as regiões do país.
A nível nacional, a taxa de desemprego é de 6,1%, uma diminuição de 0,2 p.p. comparando com o trimestre anterior e de 0,6 p.p. relativamente ao trimestre homólogo.
Neste trimestre, a diminuição da taxa de desemprego diminuiu mais nos Açores do que no conjunto do país.
População empregada
A população empregada no 3º trimestre é estimada em 116.373 trabalhadores sendo o maior valor da população empregada estimada, pelo Inquérito ao Emprego, desde o 1º trimestre de 1985, e apresentando aumentos de 3,1% (mais 3.480 trabalhadores) relativamente ao trimestre homólogo e de 1,2% (mais 1.394 empregos) em relação ao trimestre anterior.



terça-feira, 5 de novembro de 2019

Exportações


Dados dos Açores de janeiro a agosto

Exportações crescem em flecha importações caem a pique


(Publicado no "Diário Insular e "Diário dos Açores")





O valor das exportações dos Açores para o exterior, de Janeiro a Agosto, registou um crescimento de 27%, estimando-se que até ao final do ano, mantendo-se o mesmo padrão, atinja 117 milhões de euros, um valor que só foi ultrapassado em 2013.

Este aumento é patente em quase todos os produtos habitualmente exportados da Região. A venda de peixe fresco cresceu cerca de 18 milhões de euros, mais 25% que em igual período do ano passado e na indústria transformadora, onde as conservas têm um peso significativo, já se atingiram 25 milhões de euros, de igual modo mais 25% que no ano passado. Até a saída de carne bovina passou de cerca de 4 milhões de euros (valores até junho) para 5 milhões, mais 29%.

As importações, embora superiores às exportações, diminuíram quase 40 %. A diminuição nas importações feitas pela Região foi mais notória nos produtos transformados.



Exortações diminuem no país



A nível nacional, depois dos crescimentos significativos nos últimos anos, da ordem dos 10% e dos 5%, este ano, de Janeiro a Agosto, o valor cresceu apenas 2,1%,

Ao contrário as importações feitas por Portugal ao estrangeiro cresceram 7,4%

Só no mês de agosto, o défice da balança comercial, no conjunto do país, atingiu 1 638 milhões de euros, o que representa uma diminuição do défice de 78 milhões de euros face ao mesmo mês de 2018.

As principais exportações de Portugal são de produtos agrícolas e derivados e  os países de destino são, principalmente, Espanha, França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos


Indicador de Turismo

Segundo o Indicador de Turismo divulgado pelo SREA, as dormidas na Hotelaria Tradicional, no Turismo no Espaço Rural e no Alojamento Local durante o mês de Setembro de 2019 terão sido aproximadamente 330 mil, o que representará um crescimento no conjunto da Região de 13%.
Há uma ligeira diminuição, mas mantém sensivelmente o percurso de crescimento para o mês em causa - Setembro.

Obras licenciadas