quarta-feira, 17 de julho de 2019

Pesca




O pescado descarregado nos portos dos Açores, de Janeiro a Junho, registou uma diminuição de 42%, relativamente a igual período do ano passado.

A maior quebra está relacionada com as capturas de atum. O ano passado por esta altura já tinham pescado mais de duas mil toneladas de atum, este ano, até Junho, só apanharam 86 toneladas.

O valor do pescado não sofreu uma descida tão acentuada, o ano passado por esta altura o pesca rendeu 16 milhões de euros, este ano cerca de 15 milhões, uma quebra de 4,6%.


terça-feira, 16 de julho de 2019

Dormidas na Terceira ainda a descer


(Publicado no Diário Insular de 16 de Julho de 2019) 


Os últimos dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA) indicam que as dormidas na ilha Terceira desceram 6,4% de janeiro a maio, apesar de uma recuperação nesse último mês.
Foram contabilizadas as dormidas nos hotéis, nas unidades de turismo em espaço rural e no alojamento local
No período de janeiro a maio deste ano, quando comparado com o mesmo período do ano anterior (período homólogo),Terceira, Santa Maria e o Corvo foram as três únicas ilhas do arquipélago a registar descidas.
Nos Açores, a subida de janeiro a maio foi de 16,2% e, apenas referente a maio, de 12,7%. Em todo o arquipélago, foram 878,1 mil dormidas de janeiro a maio.
Quando se compara apenas maio deste ano com maio de 2019, a Terceira surge com mais 9% de dormidas.
"De janeiro a maio, as ilhas da Graciosa, de São Miguel, das Flores, de São Jorge, do Pico e do Faial apresentaram variações homólogas positivas, respetivamente de, 30,5%, 23,5%, 17,7%, 8,1%, 6,9% e 6,1%", precisa o SREA.
Na Terceira, o alojamento local viu as dormidas descerem 8,3% em maio, mas a tendência nos primeiros cinco meses do ano é positiva, com mais 11,1% de dormidas.
Já nas unidades hoteleiras tradicionais houve mais 15,2% de dormidas em maio, mas de janeiro a maio (comparação com o período homólogo de 2018) a descida foi de 9,7%.
Santa Maria tem menos 5,6% dormidas. O SREA indica que a ilha do Corvo "não tem dados do alojamento local divulgados de janeiro a abril de 2018, logo não é comparável com a informação de 2019".
No que diz respeito apenas às dormidas na hotelaria tradicional, o Corvo apresenta menos 44,5 % de dormidas de janeiro a maio deste ano. Contudo, de acordo com contas feitas por Rafael Cota, autor do blogue "Números e Números" e baseadas nos valores que têm vindo a ser disponibilizados pelo SREA, a quebra no Corvo não irá além dos 2,1%.
São Miguel já concentra mais de 70 por cento das dormidas da Região (73,1%). Seguem-se a Terceira com 120,2 mil dormidas (13,7%), o Faial com 47,6 mil dormidas (5,4%), bem como o Pico com 30,6 mil dormidas (3,5%)
Rafael Cota, jornalista, também sublinha esta tendência. "No conjunto dos Açores, muito pelo peso de S. Miguel, regista-se um resultado positivo, não se confirmando, para já, o receio de que a atividade nos Açores estabilizasse face ao ressurgimento de destinos de sol e Praia como o Egito, Turquia ou Tunísia, com espaços muito atrativos e preços concorrenciais. No total dos Açores, as receitas do turismo, nestes primeiros cinco meses do ano atingiram 30 milhões de euros, mais 11% do que o ano passado", adianta.
Segundo os valores agora divulgados pelo SREA, em termos de proveitos totais por ilha, a Terceira surge com uma ligeira descida, de 3%, de janeiro a maio. Os proveitos por aposento descem 3,7%.
Cinquenta e cinco por cento dos turistas que chegam aos Açores são portugueses. Os principais mercados emissores estrangeiros são os EUA, Canadá e Alemanha.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Taxa de Inflação

Taxa de inflação volta a descer
A taxa de variação média dos últimos doze meses, terminados em junho, desceu para 0,20%.Para essa diminuição, no mês de Junho, contribuíram, as classes de produtos alimentares não transformados; bebidas não alcoólicas e vestuário e calçado. A taxa de inflação nacional foi de 0,87%.

INDICADOR DE ATIVIDADE ECONÓMICA (IAE) - AÇORES

Em setembro de 2022, o IAE apresentou um aumento de 3,4%, face ao mês homólogo do ano anterior. Segundo o SREA, este aumento, embora ainda s...