quinta-feira, 10 de junho de 2010

PIB - I Trimestre 2010




No 1º trimestre de 2010O o Produto Interno Bruto no País aumentou 1,8% em volume, face ao período homólogo de 2009, segundo a revisão agora divulgada pelo INE. Um resultado bastante favorável tendo em conta que no último trimestre de 2009 que tinha apresentado uma variação negativa (-0,1%).
O aumento do PIB, no 1º trimestre, no conjunto do país, esteve parcialmente associado a uma melhoria da Procura Interna, que se fixou em 1,4 pontos percentuais, mas sobretudo às Exportações e Importações de Bens e Serviços que aumentaram 8,5% e 5,2% em volume, respectivamente.
Nos Açores, dados estimados, indicam que o crescimento do PIB poderá andar pelos 4,1%, de novo bastante superior ao registado no conjunto do país.
Apesar da diminuição do turismo, da venda de cimento -- e consequentemente da construção --, este aumento poderá estar relacionado com o crescimento da actividade industrial, tendo presente o consumo da energia industrial e com o desempenho agrícola a avaliar pela evolução do leite entregue nas fábricas e do sector da carne. Mas sobretudo deverá contribuir para a evolução do PIB nos Açores o aumento dos funcionários públicos que se tem verificado nos últimos anos, dado que tem um peso significativo na constituição do VAB (Valor Acrescentado Bruto).
Estes dados resultam do indicador sintético (da exclusiva responsabilidade do autor do blog, publicado no post anterior), mas, de certo modo, confirmados pelos dados agora divulgados no Boletim Trimestral do SREA:
http://estatistica.azores.gov.pt/upl/%7B0b2c978d-d9bc-4b8a-96ce-0424ac8f49a9%7D.pdf

(Indicador Sintético) - Açores (rectificado)

Este indicador procura dar uma ideia da evolução da economia nos Açores, a partir da combinação ponderada de vários indicadores. Pretende sintetizar a informação disponível nas diversas variáveis económicas, procurando captar a tendência da sua evolução dominante.
É construído a partir de séries estatísticas registadas ao longo de vários anos. Os dados de cada mês, são comparados com os valores médios mensais dessas séries e multiplicados por um factor de ponderação, calculado a partir do peso de cada sector no Valor Acrescentado Bruto (VAB). Os valores apresentados são valores estimados e são actualizados à medida que são conhecidos novos dados.

Na sua elaboração são considerados, os seguintes dados: População empregada por sectores, dormidas na hotelaria tradicional, receitas das pescas, produção de leite, abate de gado, venda de viaturas, venda de cimento, licenças de construção, consumo de energia nos diferentes sectores, produção de leite comum, de leite em pó e de queijo.
Este indicador é baseado em dados distribuídos pela Serviço Regional de Estatística, todavia, a sua elaboração é da exclusiva responsabilidade do autor do blog.

Venda de Cimento

Dormidas - Jan a Mar