segunda-feira, 22 de maio de 2017

Indicador Sintético (atualizado)


Comportamento da economia


O Indicador agora publicado mostra que, no 1º Trimestre de 2017, se  voltou a registar um desempenho positivo da economia.

Para esta situação continua a contribuir o aumento do turismo e serviços relacionados e o aumento dos funcionários públicos que têm um grande peso na formação do Valor Acrescentado Bruto.


Em sentido negativo surgem a produção de leite, a pesca, a produção de energia elétrica, o abate de bovinos, o consumo de leite e a venda de viaturas novas.

O sector da construção deu alguns sinais positivos.


(Este indicador foi atualizado face à evolução de alguns indicadores, designadamente o turismo)





Nota Metodológica

Este indicador procura dar uma ideia da evolução da economia nos Açores, a partir da combinação ponderada de vários dados. Não expressa  linearmente a evolução do PIB, uma vez que  este envolve outros indicadores .

Pretende , unicamente, sintetizar a informação disponível nas diversas variáveis económicas, procurando captar a tendência da sua evolução dominante.


É construído a partir de séries estatísticas registadas ao longo de vários anos. Os dados de cada mês, são comparados com os valores médios mensais dessas séries, tendo em conta a sazonalidade,  e multiplicados por um fator de ponderação, calculado a partir do peso de cada sector no Valor Acrescentado Bruto (VAB).

Os valores apresentados são, sempre, valores provisórios e são atualizados à medida que são conhecidos novos dados.

Na sua elaboração são considerados, os seguintes dados: População empregada por sectores, dormidas na hotelaria tradicional, receitas das pescas, produção de leite, abate de gado, venda de viaturas, venda de cimento, licenças de construção, consumo de energia nos diferentes sectores, produção de leite comum
e de queijo.
Este indicador é baseado em dados distribuídos pela Serviço Regional de Estatística,
sendo, todavia, a sua elaboração da respondabildiade do autor do blogue.

Obras licenciadas