domingo, 16 de fevereiro de 2014

Indicador sintético - Final 2013


Os dois primeiros semestres de 2013 apresentaram uma tendência crescente, apesar circunstâncis adversas.
Essa tendência teve a ver com os dados positivos do turismo, das receitas das pescas do abate de bovinos e do aumento dos funcionários da administração pública, que têm um forte peso na formação do PIB.

No segundo semestre -- apesar de se terem registado alguns indicadores favoráveis como o turismo --, a construção, a receita das pescas e o consumo de energia acabaram por inverter a curva.
A média anual também deverá registar uma diminuição.



Este indicador procura dar uma ideia da evolução da economia nos Açores, a partir da combinação ponderada de vários indicadores. Pretende sintetizar a informação disponível nas diversas variáveis económicas, procurando captar a tendência da sua evolução dominante.
É construído a partir de séries estatísticas registadas ao longo de vários anos. Os dados de cada mês, são comparados com os valores médios mensais dessas séries e multiplicados por um factor de ponderação, calculado a partir do peso de cada sector no Valor Acrescentado Bruto (VAB). Os valores apresentados são valores estimados e são actualizados à medida que são conhecidos novos dados.

Na sua elaboração são considerados, os seguintes dados: População empregada por sectores, dormidas na hotelaria tradicional, receitas das pescas, produção de leite, abate de gado, venda de viaturas, venda de cimento, licenças de construção, consumo de energia nos diferentes sectores, produção de leite comum
e de queijo.

Obras licenciadas