domingo, 20 de abril de 2008

Governo determina intervenção da Inspecção Económica para garantir efeitos nos preços da baixa do IVA

O presidente do Governo dos Açores instruiu a Inspecção Regional das Actividades Económicas (IRAE) para um acompanhamento rigoroso e sistemático dos preços de um conjunto vastos de produtos com vista a assegurar consequências no consumidor da redução, em um por cento, a partir de Junho, da taxa do imposto sobre valor acrescentado (IVA). A acção da IRAE, destinada a evitar eventuais especulações, terá por base uma recolha alargada às várias ilhas de informação relativa a preços praticados ao consumidor de um conjunto variado de produtos que integram um cabaz diversificado de bens de consumo familiar. No termos da orientação de Carlos César, a Inspecção Regional das Actividades passa, a partir de agora, a avaliar as subidas de preços nas áreas do comércio e serviços, prestando especial atenção aos aumentos considerados injustificados e especulativos.

----------------------------------------------------------------------------

Que consequências poderá ter esta medida? Comente.

1 comentário:

Carla disse...

Olá.
Se for para evitar que o comércio e os serviços, aumentem desmesuradamente os preços, achoa muito bem.
Resta saber se isto vai resultar, ou se não será mais um "truque" do governo para "ganhar mais algum".